Vocabulário

1) Apoio ===> Segurar a voz com o Diafragma, sem deixá-la cair na garganta e não saindo da Máscara. Ocorre por sustentação do ar na respiração diafragmática-intercostal;
2) Agudos (nota aguda) ===> Nota emitida em alta freqüência (impedância vocal), voz aguda (timbre) de tenores, contra-tenores e sopranos, voz “fina”; é colocada na região mais alta da máscara sob muita colocação e pressão de ar;
3) Baixo ===> Tipo de voz (timbre) grave masculina; voz grossa; som emitido no peito e máscara;
4) Baixo-Profundo ===> Tipo de voz (timbre) muito grave masculina; voz grossa e escura; som emitido no peito e máscara;
5) Barítono ===> Tipo de voz (timbre) semi-grave/aguda masculina; som emitido entre o registro do baixo e tenor;
6) “Boca Chiusa” ===> Exercícios que são feitos com os lábios levemente serrados, (som semi-nasal e sem o uso das vogais) servindo para concentrar o som , levando a voz futuramente para  a “máscara”; o exercício é correto quando sentimos uma “cosquinha” a cima do lábio superior, sempre cuidando para não apertar (tensionar) um lábio contra o outro; som e ar fluindo livremente nas cartilagens e palato-mole;
7) Cantar Aberto ===> Vogais projetadas com som aberto, quase faladas ou sem técnica;
8) Cantar Anasalado ===> Fundo da garganta muito baixo, sem espaço para a voz passar;
9) Cantar Encoberto ===> Cantar atrás do nariz, fundo da garganta aberto, cantar por traz da ressonância;
10) Cantar Engolado ===> Voz presa, pois a língua está tensa e alta, obstruindo a passagem livre do ar;
11) Cantar Escuro ===> Cantar sem brilho;
12) Cantar na Cabeça ===> Cantar com ressonância palatal. Músculos relaxados e ar vibrando na cabeça;
13) Cantar na Garganta ===> Cantar sem colocação de voz (voz selvagem, descolocada);
14) Cantar para Frente ===> Cantar projetando o som, timbre claro e livre da garganta;
15) Coana ===> Orifício existente acima da cartilagem do nariz (no espaço entre os 02 olhos);
16) Contralto ===> Tipo de voz (timbre) grave feminina; voz grossa; som emitido no peito e máscara;
17) Desafinação (“Desafinado”) ===> Som emitido fora da freqüencia (Hertz) exata; pessoa sem percepção auditiva dos intervalos musicais; não consegue entender e emitir o som vocal afinado;
18) Dicção ===> Técnica de articular as palavras exageradamente dando um projeção de voz colocada e de fácil entendimento auditivo;
19) Equalização ===> O timbre da voz é conduzido em forma similar em todos os tons, ocorrendo por colocação e domínio da pressão do ar;
20) Falsete ou “Falseto” ===> Falsa voz, recurso vocal, ou seja, é uma voz de cabeça fabricada;
21) Graves (nota grave) ===> Nota emitida em baixa freqüência e impedância vocal, voz grave (Timbre) de barítonos, mezzo-sopranos e baixos,  voz “grossa”; voz emitida com som relaxado(descontraido), é colocada no peito e região alta da máscara sob muita colocação e apoio diafragmático; “nunca” perdendo o brilho do timbre dos médios e agudos;
22) “Máscara” ou Cara ===> Região onde coloca-se a voz sem a participação da garganta, e sim, nas áreas de ressonância e palato-mole;
23) “Mezzo-Soprano” ===> Tipo de voz (timbre) semi-grave/aguda feminina; som emitido entre o registro da contralto e soprano;
24) Nasal ===> Som emitido com o fundo da garganta abaixado; voz concentrada nos sons nasais;
25) Ouvido Musical ===> Pessoa com percepção auditiva dos intervalos musicais; consegue entender e emitir o som vocal afinado de acordo com seu registro vocal em toda sua extensão;
26) Registro Vocal ===> Em todos os tipos de voz existem três tipos : de peito(graves), médio(s) e de cabeça(agudos);
27) Ressonância ===> Vibração do ar sob os lábios ou céu-da-boca, podendo acontecer de boca levemente serrada ou aberta, obedecendo a medida básica de 02 dedos juntos;
28) Semitonar ===> Desafinar; som fora do intervalo harmônico; som entre os semi-tons, fora da escala tradicional;
29) Soprano ===> Tipo de voz (timbre) aguda feminina; som emitido entre o registro alto da cabeça;
30) Tenor ===> Tipo de voz (timbre) aguda masculina; som emitido entre o registro médio e de cabeça;
31) Timbre ===> Característica de cada voz, é o brilho vocal podendo ser timbre grave ou agudo;
32) Trinado ===> Emissão do som vocal variando entre duas notas diferentes (Ex.: sol-lá-sol-lá-sol-lá...)
33) Vibrato ===> Enfeite da voz (“trinado na mesma nota”) acontecendo por uma liberação gradativa de ar e domínio do fluxo de ar;
34) “Vocalizes” ===> Exercícios de voz que utilizam as vogais em sua execução;
35) Voz Branca ===> Voz de Criança até os 12 anos;
36) Voz de Cabeça ===> Áreas de ressonância relaxadas, ar vibrando livremente nas cartilagens, palato-mole projetado na direção do nariz; 
37) Voz de Peito ===> Erguem-se nesta colocação os pilares da garganta, sem a voz de cabeça; voz grave;
38) Voz na Máscara ===> Voz colocada na região mais alta da face. Palato-Mole(Fundo da Garganta) erguido, céu-da-boca e dentes incisivos superiores como sendo os locais de impostação da voz;
39) Vozes Frias ===> Sem ressonância, sem impostação, uso dos falsetes nos registros altos;
40) Voz Fria ===> Voz que não foi aquecida / exercitada anteriormente antes de cantar, timbre não flexível, voz escura, fora da colocação exata;



www.ebighelini.com.br - site do tenor Eduardo Bighelini - O Canto e suas técnicas > <VOLTAR>